Website on global south and decolonial issues.

Andrea Paz

Santiago do Chile (1988). Tem formação em Comunicação Audiovisual e em cinema na UNIACC (Santiago). O seu encontro com as artes plásticas (Universidade do Chile) derivou para a arte e ambientação para cinema, hoje em dia reforçado através do desenho. O audiovisual significou ir e voltar ao campo artístico, passando pelo seu interesse multidisciplinar. Trabalha a partir da compilação da memória, observação e uso de elementos existentes para representações fictícias. A ficção levou-a à leitura e análise de histórias e personagens, desmembrando e recordando-os de acordo com o que acredita, e que depois representa em desenhos. Um curso de desenho científico na AR.CO (Lisboa, Portugal) fez com que concretisasse o seu trabalho solitário, caracterizado pela pobreza de elementos e a riqueza do detalhe, além de sincronizar com a sua infância, onde os desenhos de espécies animais e vegetais passam a ser ideias e associações conscientes e inconscientes, e a figura não só se representa, mas também significa. Mãe da Violeta.

Os desenhos de uma menina que queria ser veterinária com apenas oito anos de idade, as plantas e animais destacam-se no papel, com um traço delicado, que adquiriu uma precisão cirúrgica.

 

instagram

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.