Website on global south and decolonial issues.

Anelito de Oliveira

Poeta, ficcionista, crítico, ensaísta e editor brasileiro. Doutor em Literatura brasileira pela USP e Mestre na mesma área pela UFMG. Criou e editou o jornal “Não” (1994/1995) e a revista “Orobó” (1997/1999). Editou o Suplemento literário de Minas Gerais (1999/2003), mais antigo periódico impresso sobre literatura no Brasil. Publicou “Lama” (2000) e “Três festas: a love song as Monk” (2004), oganizou a antologia “Fenda 16 poetas vivos” (2001) e colaborou com inúmeras publicações. Concebeu e coordenou vários eventos sobre africanidade no Brasil, como “Afrologias” (1995), “Barracação” (2003) e “Alma negra” (2005). É diretor editorial da Orobó Edições, editora fundada em 1997, e diretor executivo da multifuncional Inmensa Cultura Mídia Educação, fundada em 2004. Fundou e dirige o Instituto de Desenvolvimento Humano Daghobé, Ong voltada para projetos de elevação do índice de desenvolvimento humano na América Latina e África. É professor e pesquisador na Universidade Estadual de Montes Claros (Unimontes). 

Email: anelitodeoliveira@gmail.com

www.anelitodeoliveira.blogspot.com

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.