Website on global south and decolonial issues.

Filipe Branquinho

(Moçambique, 1977) trabalha como freelancer em fotografia e ilustração. A sua paixão pelas artes nasce no ambiente em que cresceu na cidade de Maputo, pela convivência com o meio artísticos e muitos dos mestres e referências nacionais. No Brasil, o desenho e a ilustração surgem de forma sistemática e consciente, através do contacto com as disciplinas artísticas na Universidade Estadual de Londrina a par da formação em arquitetura. É também neste contexto que decide experimentar a fotografia como arte. Participou em diversas exposições coletivas e individuais no Brasil, em Moçambique, na África do Sul e Portugal. Tem diversas obras em coleções particulares. Em 2012 foi vencedor do prémio Internacional Estação Imagem/Mora na categoria de retratos e foi convidado a participar na PARIS-PHOTO 2012, representado pela Galeria Magnin-A. Finalista do BESTPHOTO 2012.

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.