Website on global south and decolonial issues.

Patrícia Mourão

Belo Horizonte (1980). Doutora em cinema pela Universidade de São Paulo, com bolsa sanduíche na Columbia University, com tese sobre autobiografia no cinema experimental. Atualmente desenvolve pesquisa de pós-doutorado no departamento de artes visuais da Universidade de São Paulo sobre o papel do cinema no pensamento de Robert Smithson. Programou retrospectivas dedicadas a cineastas como Andrea Tonacci, Jonas Mekas, Harun Farocki e Naomi Kawase. Organizou, entre outros, os livros “Cinema Estrutural” (coorganização de Theo Duarte, Caixa Cultural, 2015); “Jonas Mekas” (Cinusp, 2013), “David Perlov: epifanias do cotidiano” (coorganização de Ilana Feldman, CCJ, 2011), Harun Farocki: por uma politização do olhar (Cinemateca Brasileira, 2010), O cinema de Pedro Costa (coorganização de Daniel Ribeiro, CCBB, 2010). Também atua como professora e já lecionou no IMS, MASP, MAM-SP e Instituto Tomie Ohtake. Foi produtora do filme Já visto jamais visto (2013), de Andrea Tonacci, e coordenou o projeto de recuperação de parte do acervo do cineasta.

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.