Website on global south and decolonial issues.

Canções para Luiza – Aline Frazão em Lisboa

“Rua – espada nua – bóia no céu, imensa e amarela, tão redonda, Lua. Como flutua. Vem navegando o azul do firmamento e no silêncio lento” soa uma música de Tom Jobim e uma voz, de repente, mistura-se com o branco e preto das teclas. Aline Frazão e Marco Pombinho levam-nos de viagem pela Música Popular Brasileira numa noite de “Canções para Luiza”.
Voz: Aline Frazão 

Teclado: Marco Pombinho 
22h Espaço Evoé – Arraial das Canastras

Entrada Livre

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.