Website on global south and decolonial issues.

Edição 2011 do CEL.U.CINE foi aberta!

A abertura da 4ª edição do CEL.U.CINE – Festival de Micrometragens reuniu no dia 27 de Junho no Oi Futuro Flamengo, no Rio de Janeiro, nomes de destaque no cenário audiovisual. Compareceram ao evento os diretores Beto Brant, Joel Pizzini e Luiz Carlos Lacerda (Bigode), além dos atores Lázaro Ramos, José Wilker, Flávio Bauraqui e André Ramiro, entre outros. O festival acontece em duas etapas. O tema da primeira fase – ditado popular – foi anunciado na cerimônia de abertura por Marco Altberg, diretor do CEL.U. CINE. O evento também contou com a presença de Wellington Silva, diretor de Marketing e Conteúdo do Oi Futuro, e Maria Arlete Gonçalves, diretora de Cultura do Oi Futuro. “Para nós, que acreditamos em uma idéia na cabeça e um celular na mão, ou qualquer outro suporte digital, é muito satisfatório e importante fazer parte deste projeto”, disse Wellington. Maria Arlete ressaltou a relevância das novas mídias no setor audiovisual. “Estamos investindo muito nos novos formatos e nas novas idéias de fazer cinema”, afirmou a diretora. Conhecido pelo pioneirismo no incentivo à criação e difusão de conteúdo audiovisual em novas mídias, o festival é realizado pela Associação Revista do Cinema Brasileiro, em parceria com o Oi Futuro.

“Desde 2008, o CEL.U.CINE vem revelando talentos de todo o Brasil. Apostamos na convergência de mídias em prol da educação”, disse Marco Altberg na cerimônia de lançamento. Durante o evento, os convidados assistiram aos seis micrometrangens da Mostra Especial não-competitiva.

A mostra é composta por filmes que foram produzidos por seis diretores: os brasileiros Beto Brant, Lázaro Ramos e Jorge Furtado, o argentino Hector Babenco, o português David Rebordão (fenômeno de acessos na internet, com o curta “A Curva”) e o angolano Mario Bastos (autor do curta “Kiari”, vencedor de um dos principais prêmios de Luanda). Os filmes já estão disponíveis no site oficial do CEL.U.CINE (www.celucine.com.br). Sobre as inscrições para o CEL.U. CINE 2011 Os participantes (profissionais ou amadores) devem ter mais de 16 anos e podem inscrever quantos filmes quiserem até o dia 30 de julho, desde que estejam de acordo com o tema da primeira etapa: ditado popular. A novidade este ano é que outros países de língua portuguesa também podem participar da competição.  As inscrições serão realizadas somente pelo site oficial do festival: www.celucine.com.br. Podem ser inscritos filmes com duração de 30 segundos a 3 minutos, produzidos com suportes digitais (câmeras, celulares, smartphones, etc.) e nos mais diversos gêneros (animação, ficção ou documentário). Os vencedores receberão prêmios de R$ 18 mil (1º lugar), R$ 10 mil (2º lugar) e R$ 8 mil (3º lugar). Além disso, o melhor filme escolhido em votação popular receberá um prêmio no valor de R$ 4 mil. Cada uma das duas etapas terá cinco semifinalistas. Dez filmes serão selecionados para a final.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.