Website on global south and decolonial issues.

“há prendisajens com o xão” de Ondjaki

hoje (10-ago-11) lançamento do livro
[o segredo húmido da lesma & outras descoisas]
na livraria da travessa de ipanema [rua visconde de pirajá 572] às 19h

“quero só/o silêncio da vela”: experimente soprar uma vela ao contrário, e engolir a luz da chama ou a chama da luz. por instantes seu coração resvalará para ceras, só assim se experimenta ser o poro de uma vela. ora, o poro da vela é que emite um silêncio de cada vez.

despalavreação: é um ensinamento. uma desaprendizagem. um desmomento. e tem outros nomes: Guimarães Prosa, Manoel de Barro, Luuandino Vieira, Mia Conto, ou qualquer pessoa que sorria no grande significado das coisas insignificantes.

pirilampo: «sabe por que minha luz é tão mínima? é que estou procurar coisas dentro de mim mesmo… ». ser que alumia um mundozito de cada vez e ajuda poetas a encontrar iluminossílabos desprovidos de grande significação.

penúltima vivência
quero só
o silêncio da vela.
o afogar-me
na temperatura
da cera.
quero só
o silêncio de volta:
infinituar-me
em poros que hajam
num chão de ser cera.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.