Website on global south and decolonial issues.

Morreu a “combatente” Lina Magaia

Faleceu ontem, em Maputo, a escritora, jornalista e veterana da Luta Armada de Libertação Nacional, Lina Magaia. Era uma mulher de várias facetas, que se destacou durante a vida em domínios como a escrita, cinema, desenvolvimento rural, ou mesmo como combatente da libertação do país do jugo colonial.

Lina Magaia, que se encontrava doente, morreu em sua casa, depois de ter ficado internada no Instituto do Coração durante a semana passada.

O jornalista moçambicano Calane da Silva falou à RFI, sobre esta figura moçambicana agora desapaecida, e lembrou o seu legado.

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.