Website on global south and decolonial issues.

Festival “Todos – Caminhada de Culturas” 2022

Onde começa Lisboa? Há quem diga que é no Tejo, ou então nas colinas, ou até mesmo no mar. Nós dizemos que Lisboa começa em Santa Clara, chão de onde emergem as histórias a revelar desde a passada edição do TODOS – Caminhada de Culturas. Pouco a pouco, habitamos esse pedaço grande da cidade, ali colhendo memórias, visíveis e invisíveis, para voltar a afirmar o valor da interculturalidade e a importância das gentes de Santa Clara no desenvolvimento da capital. Nesta 14.ª edição do TODOS, convidamos a olhar Santa Clara como um centro de onde a cidade irradia, na certeza de que, juntando diferentes ideias, emoções e vontades, poderemos continuar a Acertar o Mundo. Depois de um primeiro ano de trabalho, queremos agora amplificar artisticamente essa experiência, ajudando a romper com o entorpecimento da quotidianidade para evitar que cada um se torne prisioneiro de lugares-comuns e das ideias que já conhece.

 Venham connosco até ao Campo das Amoreiras, terreiro centenário cuja história é feita de encontros, feiras e festas, chão de circos e de carrosséis, de diversões e das caravanas ciganas de outros tempos. É nesse lugar de fronteira da cidade que vai acontecer o espetáculo Encontra-te Comigo no Carrossel – um grande momento de convívio familiar no jardim.

Venham connosco até ao Palácio da Quinta Alegre, que ali perto do jardim brilha majestoso – um surpreendente lugar de cultura, agora aberto à comunidade, para que dele possa fruir e descobrir a que ponto é parte inalienável da identidade de Santa Clara. É no belo palácio que terá lugar o espetáculo de teatro comunitário Não Existem Cabeças Bicudas.

Venham connosco visitar ou revisitar a inspiradora ruína do Cine-Estrela, onde desde 2021 temos vindo a resgatar e a revitalizar a memória dos “cinemas piolho” e dos cinemas ao ar livre de Lisboa.

Venham connosco à Escola Básica Maria da Luz de Deus Ramos, onde damos continuidade ao trabalho de divulgação do surpreendente projeto de escola comunitária que ali se constrói todos os dias.

Este ano o TODOS começa mais cedo – a 1 de setembro – fora do seu território-base. Partindo do Campo Pequeno, o projeto Lisboa Crossing, que nos chega de França, atravessa algumas ruas e grandes vias da cidade e desafia-nos a pensar sobre a importância de estarmos acompanhados e a rever algumas ideias sobre o que é o espaço público, o espaço privado e o espaço íntimo. Uma travessia de 7 quilómetros até ao Largo das Galinheiras, onde chega a 10 de setembro, esperando também trazer consigo pessoas de outras zonas da cidade para as juntar na celebração intercultural que tem vindo a mudar o rosto de Lisboa, revelando-o na sua heterogeneidade e riqueza.

Juntos, tentamos Acertar o Mundo, acertando Lisboa com Santa Clara, pois é uma vez mais aqui que a cidade começa. Venham connosco!

Saiba mais em

www.festivaltodos.com

 

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetur adipiscing elit. Ut elit tellus, luctus nec ullamcorper mattis, pulvinar dapibus leo.