Website on global south and decolonial issues.

cabeleireiro

Consciência de Humanidade

Desfrisos, chapinhas, mises, tranças, postiços, aplicações fio fio ou bainha… Perucas a x euros. Entrei. Recebo um sorriso caloroso. Tirava todos os “protocolos”, sentia-me em casa. Matava ali as saudades. Um cabeleireiro africano em qualquer outro continente é uma “embaixada de abraços e confraternizações”. Um abraço periférico.

Ler mais