Website on global south and decolonial issues.

joão paulo tavares de oliveira

Reflexões sobre “A Utopia no Romance ‘Biografia do Língua’, de Mário Lúcio Sousa”, de João Paulo Tavares de Oliveira – parte II

No primeiro capítulo intitulado “A Literatura Cabo-Verdiana em Face das Outras Literaturas Africanas de Língua Portuguesa”, o autor intenta contextualizar, com sucesso, o surgimento da escrita de autoria caboverdiana e, em especial, da literatura de marca identitária caboverdiana no quadro mais vasto das escritas de autoria lusógrafa africana e das literaturas africanas de língua portuguesa.

Ler mais

Reflexões sobre “A Utopia no romance ‘Biografia do Língua’, de Mário Lúcio Sousa”, de João Paulo Tavares de Oliveira – parte I

Referindo-se às diferentes vertentes da intervenção escrita dos claridosos, nomeadamente na poesia, na prosa de ficção, na crónica, na crítica literária, em entrevista, na reportagem e na prosa cientifica (em especial na linguística do idioma crioulo e na antropologia da mestiçagem cultural e biológica ocorrida nas ilhas), dizia Baltasar Lopes da Silva que, nas condições de Cabo Verde, os mesmos escritores claridosos eram, de algum modo, obrigados a ser policlínicos no exercício do seu ofício de letrados.

Ler mais