Website on global south and decolonial issues.

Partituras para ir

‘Partituras para ir’, de Joana Braga

Partindo das formas existentes no percurso estabelecido e do imprevisto provocado pelos sujeitos, ‘Partituras para ir’ procurou instaurar relações de movimento e de repouso, de velocidade e de lentidão, através das quais se instaura o devir, um devir entendido enquanto processo de desejo.

Ler mais